Veterinária

E o sorriso, como vai?

Quem disse que cachorro não tem que escovar os dentes? Tártaro, gengivite, mau hálito, e outras doenças da boca também são muito comuns nos animais, que devem ser tratados preventivamente, assim como nós. O tártaro é a calcificação das placas bacterianas acumuladas nos dentes, que geralmente vem acompanhado de gengivite e mau hálito.

O tempo em que o animal apresenta esse problema, milhões de bactérias estarão saindo das placas de tártaro e, através do sangue (corrente sanguínea), poderão atingir e causar danos a órgãos internos, como o rim, fígado e coração, e também nas articulações. Como tudo na vida, a prevenção ainda é o melhor remédio.

Uma alimentação a base de ração seca de boa qualidade, escovação dos dentes e visita periódica ao veterinário, são os três pontos principais a serem obedecidos. A escovação dentária, pode ser iniciada quando o animal ainda é filhote, utilizando uma gaze ou uma escova com cerdas macias, mesmo que seja sem pasta. A freqüência indicada é de 3 vezes por semana, e, quando utilizar pasta de dente, dar preferência às especiais para eles. Se o problema já existir, somente o tratamento de remoção desses tártaros e controle das bactérias com antibióticos específicos, irá resolver.

Vale também oferecer ossinhos e biscoitos para auxiliar na prevenção.
Então, que tal dar uma olhadinha no sorriso do seu bichinho?

Bianca Pellegrinetti Junqueira de Andrade
Médica Veterinária do Gato Xadrez 24 horas
CRMV-RJ 3244

vet01 vet02 vet03 vet04 vet05 vet06 vet07 vet08 vet09 vet10 free rotating photo gallery javascriptby VisualLightBox.com v6.0

Os atendimentos por especialistas
(Oncologia, Dermatologia, Oftalmologia, Acupuntura, Cardiologia)
são feitos com hora marcada.

Fazemos remoção para CREMAÇÃO
(Parceria com táxi para cães - Paulo Cão)

Veterinária 24 horas (São Cristóvão)

Consultas
Vacinas
Cirurgias
Internação
Transfusão de sangue (de cães)
Oxigenoterapia
Ultra-sonografia com hora marcada
Exames laboratoriais

Consultório (Copacabana)

Consultas
Vacinas
Ultra-sonografia com hora marcada
Exames laboratoriais

Procure se informar sobre a vacina contra Leishmaniose.
Prevenir ainda é o melhor remédio!